É tudo coisa da nossa cabeça

O ser humano é mesmo incrível. Não sei se muita gente sabe, mas muito que sentimos é tudo coisa da nossa cabeça. E sejamos sinceros. O que realmente importa para nós não são os fatos em si, mas o que sentimos com eles. Aquela sensação boa de vitória, aquela vontade de sorrir quando estamos felizes, a tristeza de uma perda. São esses sentimentos que nos constroem, nos fazem seres de constante mudança.

Ao longo dos meus meros 24 anos de vida, fui descobrindo que TUDO nesse mundo se pode ser visto de modo positivo. Nada é absolutamente ruim, nem mesmo a morte. Claro, ficar triste, se irritar e se estressar é normal e acredito que precisamos tê-las. O que não se pode é que isso se torne uma constante, uma rotina.

Semana passada tive uma experiência inusitada. Peguei a Linha 4 Amarela do metrô em São Paulo. Era estação final, então, sentei. Ao meu lado senta uma senhora, nos seus 50 anos, não mais que isso. Fecha a porta do metrô e ela começa a falar comigo. Começou falando sobre o som que o trem faz quando irá fechar a porta. Para ela, era muito alto. Dei um sorriso. Proxima estação. A senhora comenta sobre o cara bombado que havia saído do trem. Para ela, ele tinha cara de mal e era feio. Ignorei. Next station. Falou sobre o menino que tava de fone de ouvido, sentado do outro lado. Para ela, a perna dele marcando o ritmo da música tava incomodando. A partir daí já não ouvi mais nada que ela falou.

Comecei a pensar: se em uma viagem de metrô, que dura em torno de 15 minutos de cabo a rabo, essa senhora consegue achar tanta coisa ruim, como será que é a vida dessa pessoa? Sempre procurando algo que não gosta, tentando achar erros e nuâncias de pessoas alheias, a vida dessa mulher deve ser muito triste. Por que não achar o volume do aviso do trem bom para quem tem algum problema auditivo? Por que não admirar a dedicação do cara bombado pra continuar indo na academia? (Eu sempre começo e paro depois de 2 meses, no máximo). Por que não ver o menino de fone de ouvido e desejar aprender algum instrumento musical? A vida é tão melhor quando olhamos o lado bom das situações. O mundo é tão mais belo com um sorriso no rosto.

Não ache motivos para reclamar. Ache motivos para sorrir. Procure sentimentos bons em cada momento que o dia-a-dia se tornará incrível.